sábado, 19 de outubro de 2013

Tu estás feliz eu estou feliz!




(para a  minha menina mais velha)

Tem dias que quando o telefone toca e és tu até respiro fundo antes de ter a certeza que estás bem.
Depois pelo assunto, "Já recebi a nota do teste de matemática", respiro mais fundo.
Ainda me tentaste enganar dizendo "Oh mãe foi horrível", mas a tua voz denunciou-te e sabia que do outro lado do telefone até sorrias com os olhos!
Uma alegria imensa invade o coração, deixo o respirar fundo e sorrio por dentro.
Não porque é um BOM a matemática mas porque estás feliz! Muito feliz! 
E isso sim é o mais importante. Que sintas que conseguiste, e que foi só com o teu esforço!

Li uma vez este artigo
e identifico-me tanto , mas tanto, com o que lá está dito.

E é mesmo assim! Gostava de dizer-te “Quero lá saber das tuas notas!”
O que eu quero mesmo é que:
- te sintas feliz
- que saibas sempre o valor que tens, e que isso nem sempre vem traduzido numa nota no canto superior direito de uma folha de teste.
- saibas que és mais do que apenas um número na escola
- te respeitem e respeites
- respeitem a tua criatividade
- te divirtas e te lembres que a escola também serve para isso
- aprendas que darmos o nosso melhor nos faz sentir bem
- valorizes amizades
- continues com bichos carpinteiros, embora te digam (e eu também) para parares…..
- confies em ti
- acredites que és capaz
- gostes de quem és!
Nunca fui apologista de compensar boas notas com dinheiro ou prendas, embora uma vez ou outra o tenha feito, e ainda me sinto tentada a dar-te um miminho extra, mas cada vez mais sinto que não existe maior recompensa do que ver o nosso esforço  reconhecido e que no fim fique a sensação fiz tudo o que podia ter feito!

E tu conseguiste! E eu estou Orgulhosa!
E a minha melhor recompensa foi aquele abraço!



Sem comentários :

Publicar um comentário